Queijos Raclette e Vinhos



E o que vem a ser uma raclette ? É um prato típico da Suíça, uma variante do fondue. Um queijo derretido e raspado sobe batatas cozidas. O nome raclette vem do verbo francês racler, que significa exatamente raspar. O queijo a ser usado, segundo os suíços, é o próprio queijo raclette, um queijo de leite de vaca, de massa cremosa e aerada, produzido no cantão suíço de Valais. Mas a gente gosta de variar, e usa, às vezes, outros queijos que derretem bem, como o emmental, o gruyère, o gouda, e até o nosso brasileiríssimo queijo do Reino. Nada melhor para aquecer uma noite fria, já que a racletteira aquece o ambiente enquanto a conversa aquece a alma.


Como acompanhamento, gostamos de usar cebolinhas e pepinos em conserva, presunto cru, bacon fritinho y otras cositas más.

E que vinhos acompanham a raclette ? Bem, aqui se dá o mesmo que com o fondue. Os suíços, sempre dispostos a fazer tudo certinho, só a comem acompanhada de um vinho branco - em geral, um Fendant, também produzido no Valais, com uvas locais chamadas chasselas.


A raclette que se espalhou mundo afora está ligada diretamente ao queijo específico da região do Valais mas, queijos ricos em teor de gordura são servidos de forma “original” como que é feita em restaurantes e em lares tradicionais da Suíça. Hoje, temos “racleteiras” à venda no mercado a partir de R$1049,00 com queijo, faca e frete, são práticas para derreter queijo e mantém o “método suíço" de raspar o queijo meia lua. Através do sistema de aquecimento elétrico, você tem pratos com 30 segundos .


Mas voltando nas harmonizações, o vinho tradicional do Valais é o Fendant, um vinho branco leve, refrescante e bastante aromático feito com a variedade Chasselas. Ele seria uma excelente pedida, mas é raramente encontrado no Brasil.

Se não tiver um Fendant à mão, você pode optar por um Riesling seco jovem ou então um Pinot Gris, um Viognier, um Chenin Blanc ou até um Gewürztraminer. Como quem domina a cena é o queijo derretido e seus sabores lácteos, a ideia é acompanhar com vinhos de acidez mais pungente para tentar equilibrar. Vale a pena também experimentar ao lado de espumantes e rosés.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Burgers